quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Dia 01 - Belo Horizonte
Visita ao Mercado Central, muito doce de leite e goiabada cascão para comprar. Almoçamos no lotado Casa Cheia. Uma delícia. Típica comida de boteco mineira e por um preço muito bom. Pedimos a Almondega Exótica e o Feijão Mexicano, que junto com a bebida (sempre refri) deu 70,00. O atendimento e rápido e eficiente, mas não espere por agradinhos: aqui é bater e correr.
À noite comemos no Deli Handmade e pegamos o baita hamburguer gourmet deles: Bourbon (pão tradicional, carne blend Angus, muçarela especial, cheddar, cebola bourbon, ovo frito, bacon, molho BBQ.) delícia né? E 34,00, ainda tinha uma batata doce frita em forma de chips com um sal temperado com alecrim e outro com lemon something else. O atendimento perfeito, atenciosos, rápidos, gentis.

Dia 02 - Belo Horizonte
Circuito Praça da Liberdade
Palácio da Liberdade com visitas guiadas temporariamente canceladas, uma pena gostaria de ter visto por dentro.
Centro Cultural Banco do Brasil- Exposição de Nuno Ramos, fiquei embasbacada com a obra desse cara. Muita coisa surreal, no pátio ele criou um órgão feito com metais, canos e uma parafernália que não sei explicar, deu pra ficar no café ouvindo aquilo por um bom tempo. Mas a instalação dele que mais gostei foi a do "No Sé". Uma "cadeira-aparelho" faz muitas perguntas, todas sem resposta dos assuntos mais variados possíveis. Adorei!
Café com Letras (dentro do CCBB), vale a parada para um café e pão de queijo (sensacional) ao som de jazz.
Museu das Minas e do Metal: Exposições de metal
Memorial Minas Gerais Vale: Exposições de Carlos Drummond, Guimarães, Salgado
Jogos interativos
Almoçamos no Dona Lucinha da Rua Sergipe. O buffet livre por pessoa saiu por R$ 59,90. Comida típica mineira. Vale cada centavo. Provamos de tudo um pouco e os doces então? Uma delícia!

Ibis Style Minascentro

Segue o padrão Ibis. O que achei do Style? Realmente mais style, A decoração é demais, muito cara de hostel europeu. O café da manhã e  a wi-fi de ótima qualidade estão inclusos. O que não gostei, no nosso quarto em particular, foi da cama mega barulhenta (embora confortável como poucas) e a pia entupida. Olha que ultimamente todos hotéis que vou isso acontece. O que esse povo larga na pia? E sem toalhas de rosto. Uma coisa a menos desnecessária, na minha opinião. Sempre limpíssimo (que pra mim conta mais pontos que qualquer coisa). Café da manhã simples, mas bem feitinho. Trouxeram na mesa pães de queijo feitos na hora.

Dia 03 – Belo Horizonte
Feira Hippie – até 14:00 na Av. Afonso Pena entre as ruas da Bahia e Guajajaras
  Casa do Baile (Niemeyer) -  Av. Otacílio Negrão de Lima, 751
  Igreja de São Francisco de Assis  (Niemeyer) - Avenida Otacílio Negrão de Lima, 3000
Almoço no L'Entrecôte



Dia 04 - Ouro Preto
Check out Ibis
Saída em direção a Ouro Preto pela BR040, parada no hotel e seguimos em direção a Mariana para visitar as Minas de Passagem.

Hospedagem: Pousada Solar da Opera.













Dia 05- Ouro Preto

Visitação às igrejas:

           Igreja de São Francisco de Assis : 8h30 às 11h45 e das 13h30 às 17h (recomenda visita guiada)- em torno de 1 hora cada, vistia entre 25 e 30 por pessoa.
      Matriz de N.Sra do Pillar: 9h às 10h45 e das 12h às 16h45 (recomenda visita guiada)
            Igreja do Carmo:  Brigadeiro Musqueira, aberta das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h e Museu do Oratório (atrás da Igreja)
           Nossa Sr. Rosário dos Pretos- de escravos, Matriz N. Sra. Da Conceição


             Almoço/Jantar:
Casa do Ouvidor e  O Passo* (pizza e outros, preço razoável, muito agradável o lugar ),


Dia 06 e 07 - Inhotim














Chegada ao hotel Ville de Montagne, em Brumadinho (5 min de distância de Inhotim)
*      Instituto Inhotim

Dia 01: circuito rosa e amarelo
Dia 02: circuito laranja
Almoçar no complexo, restaurante Oiticica, próximo ponto A12 do circuito Rosa

Café do Teatro,  A17 do circuito


Dia 08 e 09 - Tiradentes

Pousada Villa Saint Joseph.
Visita aos principais pontos turísticos.


Sinceramente? Fiquei com preguiça de escrever sobre Minas. O que mais gostei? Ouro Preto e o Inhotim.

Todos os locais que menciono aqui, fiz review no Trip Advisor, se alguém quiser ler minhas impressões só checar no meu perfil lá.